Tartarugas Hieroglíficas

Tartarugas Hieroglíficas

Descrição

A tartaruga Hieroglífica provém dos EUA, mais concretamente de todo o território entre o Norte do Mississípi (cujo rio é lar de diversas espécies de tartarugas) e o Sul de Indiana. É uma espécie semi-aquática que também gosta de rios e de vegetação em geral.

Grande parte do seu tempo é passado dentro de água, mas não é incomum vermos no seu habitat natural tartarugas Hieroglíficas ao sol em cima de troncos e outro tipo de objectos que flutuem nesses mesmos rios a apanhar sol.

A sua carapaça característica é relativamente escura, com riscas amarelas disponibilizadas de forma irregular ao longo desta. Esta característica das riscas amarelas também se encontra presente na sua pele. Membros, cauda e inclusive na cabeça também podemos encontrar estas riscas, no entanto à volta dos olhos estas já não se encontram presentes.

Como acontece com grande parte das fêmeas tartarugas, as fêmeas tartarugas Hieroglíficas são maiores e apresentam um aspecto mais “cheio” do que os machos, distinção que só é possível fazer a partir dos 3 anos de idade.

Alojamento

Um aquaterrário é o ideal: aquário / terrário em que parte seja constituído por água e outra parte por terra ou qualquer outro material seco. Em tartarugas semi-aquáticas também é comum colocar-se objectos flutuantes para que elas façam o mesmo que no seu habitat natural, o subirem para cima destes para apanharem banhos-de-sol.

Como a preferência das tartarugas Hieroglíficas é efectivamente a água, o aquaterrário deve dispor mais de água do que zona seca. Esta no mínimo deve permitir que a tartaruga possa colocar o seu corpo por completo fora de água. É o que basta, mas podemos torná-la maior se assim o desejarmos.

Apesar das excelentes capacidades a nadar que esta tartaruga tem, quando ainda forem pequenas existe a necessidade de existir um espaço onde consigam estar paradas dentro de água ao mesmo tempo que deixam a cabeça de fora de água. Quando se tornam adultas perdem essa necessidade, e preferem até zonas de água bastante fundas.

Se o aquário for fechado, ou seja, impossibilitando a incidência directa dos raios UV dentro do aquário sem serem filtrados pelo próprio vidro, é importante a existência de uma lâmpada de raios UV que incida na zona seca do aquário.

Podem (e devem) ser colocadas plantas no aquário para simular o seu habitat natural ao mesmo tempo que damos um toque decorativo ao mesmo, no entanto se estas forem comestíveis elas vão acabar por comer, pelo que o ideal são as artificiais. E cuidado com a areia, pois elas também poderão a comer o que causará graves problemas intestinais.

Dieta

A dieta das tartarugas Hieroglíficas pode conter como base ração stick própria para tartarugas semi-aquáticas. A essa dieta pode ser complementada alimentos como vegetais e inclusive carnes brancas. Estas não devem estar temperadas, o facto de serem cozinhadas ou cruas dependerá inteiramente dos gostos de cada tartaruga.

Cuidados a ter

Devemos ter alguns cuidados relativamente àquilo que a tartaruga come. Já referimos algumas coisas, como por exemplo as plantas do aquaterrário, já que se não colocarmos artificiais, ao menos que não façam mal a estas tartarugas quando as comerem.

A areia é outra coisa que por vezes comem o que fará imensamente mal, e deve ser colocado outro componente qualquer que substitua a areia. Cuidado ainda com a alface, que causa diarreia.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Tartarugas:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook