Reprodução das tartarugas

Reprodução das tartarugas

A reprodução das tartarugas é algo que suscita a curiosidade de muita gente. Muitos não conseguem imaginar como é que fazem para se multiplicar sendo animais que se movem muito lentamente, sempre isolados pela sua grande carapaça…

Mas o que é certo é que se tratam de répteis, e como acontece com todos os répteis, as tartarugas surgem de ovos. A criação de tartarugas em cativeiro é uma tarefa bastante difícil, no entanto é importante saber como é que acontece. Isso é o que veremos na continuação.

Acasalamento

Tudo começa através de uma mistura de movimentos e sons que cada espécie tem preparada naturalmente para atrair as fêmeas. Decorre toda uma dança para que o macho consiga cativar a fêmea o suficiente para se copularem. Esta dança dura poucos minutos.

Caso a fêmea aceite, então o macho monta-se na sua carapaça com a ajuda das suas unhas compridas (característica normal das tartarugas macho exactamente para este efeito). A carapaça côncava na base do macho encaixa na perfeição na carapaça da fêmea e o macho por sua vez dobra a cauda, para colocar o seu pénis na cloaca da fêmea.

Após alguns minutos ele coloca o esperma dentro da cloaca e continua montado na fêmea durante uma serie de minutos, podendo ficar até uma hora. É normal durante todo este tempo o macho ter alguns comportamentos agressivos, pois todo este ritual é relativamente agressivo no que toca às tartarugas.

Colocação dos ovos

Do mesmo sítio onde entra o esperma (cloaca) também irão sair os ovos já férteis. A fêmea irá preparar com antecedência um pequeno buraco ou preparar um pequeno ninho onde os irá coloca. O buraco será grande o suficiente para que o seu corpo caiba e dentro desse buraco fará um ligeiramente mais pequeno para colocar a sua cauda (localização da cloaca).

Após este pequeno ninho estar pronto, a fêmea finalmente colocará os seus ovos. Uma tartaruga em cativeiro por norma não coloca muitos ovos, mas uma selvagem pode colocar até 100 ovos. Tudo depende da espécie, tamanho e ambiente em que esta vive.

Eclosão dos ovos

Mesmo após o nascimento, é normal as crias ficará perto de um mês dentro dos ovos. Estas vão alimentar-se da gema e quando acabarem com esta elas irão partir a casca do ovo através do seu “dente de ovo”, uma espécie de dente que serve exclusivamente para partir a casca do ovo, e que cai depois do seu uso.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Tartarugas:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook