Distinguir tartarugas terrestres e tartarugas aquáticas

Distinguir tartarugas terrestres e tartarugas aquáticas

Sem dúvida que as tartarugas são dos répteis mais utilizados e dos mais populares como animais de estimação, e as razões são muito simples. São animais sossegados, fáceis de cuidar, não ocupam muito espaço, fazem muito pouco barulho… São tudo vantagens, principalmente para quem vive num apartamento e quer ter um ou mais animais de estimação.

Quando vamos a uma loja de animais e comprarmos uma tartaruga, nessa loja dizem-nos que tipo de tartaruga é que se trata, se é terrestre ou aquática, qual o tipo de aquário necessário, a sua alimentação predilecta, entre outros factores importantes para cuidar do nosso novo animal de estimação.

No entanto se adoptarmos uma tartaruga e por algum motivo o antigo dono não tem a certeza de que tipo de tartaruga se trata na verdade, é bastante comum alojar-se tartarugas em certos tipos de aquaterrários e não fazer-se a mínima ideia de que tipo de tartaruga se trata, já que estes são bom para várias espécies.

Na continuação vamos ensinar a distinguir o tipo da tartaruga que tens de estimação caso não saibas. Estas dicas serão também importantes pois aprenderás a distinguir o tipo de tartaruga quando veres novos exemplares e não sabes de imediato de que tipo de trata.

Saber a espécie

Saber a espécie de tartaruga que se trata é sem dúvida a forma mais fácil. Facilmente com uma pequena pesquisa sabendo a espécie é uma questão de segundos para descobrirmos que se trata de uma tartaruga aquática ou terrestre.

No entanto há alguns truques que te ajudarão a distinguir o tipo mesmo nem conhecendo a espécie exactamente. E isso é ao conhecer o género e / ou o nome científico da tartaruga. Podemos nem saber que tipo de tartaruga é a tartaruga russa, mas lendo ou sabendo o nome “Testudo horsfieldii”, conseguimos saber de imediato que se trata de uma tartaruga terrestre.

Tartarugas do género “Testudo” e “Geochelone” são todas tartarugas terrestres. Dentro destes dois géneros encontramos espécies como a tartaruga russa, a tartaruga mediterrânea, entre outra mais.

No que toca a tartarugas aquáticas, sabendo que os géneros “Trachemys” e “Pseudemis” são géneros de tartarugas aquáticas, facilmente conseguimos perceber então o tipo destas tartarugas. Dois exemplos são as tartarugas de orelha amarela e de orelha vermelha.

Através dos membros

Não sabendo nem a espécie nem o nome científico, uma forma bastante prática para percebermos se estamos na presença de uma tartaruga terrestre ou aquática é através dos seus membros.

Os membros das tartarugas aquáticas foram concebidos para facilitar a nadar, já que passam grande parte do seu tempo na água, pelo que estes dispõem de membranas entre os dedos. As tartarugas terrestres visto que não têm tanto essa necessidade, já não dispõem de membranas.

Outra forma ainda pelos membros é através das unhas. As tartarugas aquáticas têm unhas mais compridas e pontiagudas, enquanto as terrestres têm unhas mais curtas e mais rasas. Esta característica já não é tão distintiva mas ainda assim é possível distinguir pelas unhas.

Através da carapaça

É verdade que as carapaças variam muito de espécie para espécie e existem tantas carapaças de formatos e cores distintos, no entanto o tipo de carapaça ajuda a distinguir também o tipo da nossa tartaruga.

As tartarugas aquáticas dispõem de carapaça lisas o suficiente para nadarem com mais facilidade, já que uma carapaça pouco uniforme nunca iria facilitar na altura de uma tartaruga nadar.

Pelo contrário, uma tartaruga terrestre normalmente já dispõe de uma carapaça com muito mais relevo, deste altos a verdadeiros formatos originais, e essas tartarugas por norma são todas terrestres.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Tartarugas:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook